Empresas da Serra integrantes do Brasil Mais participam de Encontro Coletivo Final

Por Luiz Del Moura

O Programa Brasil Mais está finalizando neste mês de março o 4º Ciclo, que contemplou 130 Microempresas (ME) e Empresas de Pequeno Porte (EPP), da Serra Catarinense. Os encontros finais presencialmente e virtualmente oportunizam às empresas a troca de boas práticas, além da apresentação dos resultados que tiveram dentro do programa, e as dificuldades que conseguiram vencer, a partir da identificação de estratégias. Muitos dos empresários deram o testemunho sobre as melhorias e as conquistas, indicadores, produtividade e ainda sobre quanto a metodologia proporcionou melhorias nas empresas.

Para a ALI Mariana Bonella, o Programa para as empresas é muito importante, e faz com que elas possam olhar para o negócio, com olhar de cima, de gestão, e não permanecer tanto no operacional. No programa, neste acompanhamento de quatro meses, se tem durante a metodologia vários momentos de reflexão, com aplicações que auxiliam no planejamento. E assim vão avançando até que se consiga validar as ideias, e que se possa colocar em prática no mercado, fazendo com que a empresa aumente o faturamento, diminua os custos e também tenha um bom relacionamento com o colaborador.
O Agente Robson Santos entende que o papel do ALI é fortalecer o conhecimento que a empresa já tem. Segundo aponta, o proprietário, muitas vezes, sabe o que tem de fazer, mas não realiza a ação. Então aí entra o Agente Local de Inovação para fortalecer e ainda apresentar novas ideias, ou perceber algo que permaneceu escondido, e que o empresário deixou passar despercebido. “Enfim, dar um olhar mais clínico a partir de uma visão externa da empresa”, reforçou.

Para o consultor sênior dos Agentes Locais de Inovação, Elisandro Vieira, os encontros finais também deixam claro que o Sebrae assegura a manutenção das portas abertas para atendimento através de consultorias, via SebraeTec. Pois o Sebrae mantém a proposta do subsídio por mais dois meses para estas empresas que participaram do programa, com até 70% de desconto. “Importante salientar de que existem também os parceiros, caso das agências do Sicoob de Lages, e Otacílio Costa e de São José do Cerrito, que indicaram diversas empresas participantes, e que agora fazem a devolutiva para apresentação dos resultados alcançados”, disse.
Neste mesmo encontro se deu também uma nova busca por indicações junto a quem está finalizando os atendimentos, através de suas redes de contatos, para adesão de novas empresas. Por fim, os agentes, a partir da semana que vem já estarão a campo para visitas visando as inscrições de mais 130 empresas de toda a Serra Catarinense para o atendimento no Ciclo 5. “Encerra um ciclo hoje e amanhã já está em prática o próximo”. Cerca de 60% das vagas já estão preenchidas, e dentro dos próximos 10 dias devem fechar”, conclui Elisandro.

Sobre o Brasil Mais

O Brasil Mais é o maior programa para aumento da produtividade das empresas. O Programa busca desenvolver capacidades gerenciais com as melhores práticas mundiais de gestão, para transformar o seu negócio, seja ele qual for, gratuitamente. Se você tem uma Microempresa (ME) ou Empresa de Pequeno Porte (EPP), pode fazer parte da próxima etapa. Entre em contato, ou informe-se através do site www.gov.br/brasilmais.

Assessoria de Imprensa – Sebrae Serra

Leia também

Deixe um comentário

nove + dezesseis =