Comissão de Seguridade aprova requerimento da deputada Carmen Zanotto e irá realizar audiência pública para debater a doença renal

Por Luiz Del Moura

A Comissão de Seguridade Social e da Família aprovou nesta quarta-feira (11) requerimento da deputada federal Carmen Zanotto (Cidadania/SC) para realizar audiência pública para debater as Diretrizes para a Política de Atenção Integral a Saúde das Pessoas com Diagnóstico de Doença Renal definida projeto de lei nº 4.590/20.

No Brasil, a estimativa é de que mais de 10 milhões de pessoas tenham a doença. Segundo a Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN) um em cada dez brasileiros sofre de doenças renais.

“Debater diretrizes que consolidam a Política de Atenção Integral a Saúde das pessoas com diagnóstico de doença renal é crucial diante de um cenário de diagnóstico tardio e tendência de aumento de custo de doenças renais crônicas para o sistema público de saúde”, explica a deputada Carmen.

As diretrizes da política integral incluem a universalização do acesso às diferentes modalidades de terapia renal e a medicamentos, a educação permanente dos profissionais de saúde para assistência às pessoas com doença renal e o desenvolvimento de projetos estratégicos para a incorporação tecnológica no tratamento.

“É preciso não somente dar atenção integral ao paciente mas garantir medidas de prevenção para evitar o agravamento da doença”, enfatiza Carmen Zanotto.

Foto: Assessoria de Comunicação

Leia também

Deixe um comentário

dez + 3 =