Causa autista precisa ter mais consideração pelos políticos

Por Luiz Del Moura

Este é o grande apelo daqueles que vivenciam o dia a dia com uma pessoa autista na família. O entendimento é de que os políticos, não somente em época de campanha, façam uso da causa como mote propagandista, apenas. A consideração foi dita pela idealizadora do Projeto Pró Autismo em Florianópolis e Lages, durante live na noite desta quarta-feira (21). Larissa Smith, por quase uma hora, explicitou o drama vivido pelas famílias que têm autistas em seu meio. “São tidas como pessoas invisíveis, sem a necessária atenção do Poder Público”, salientou.

Segundo Larissa, filha do candidato a deputado estadual, o Polaco, o autismo é um problema que o político precisa tratar com mais sensibilidade.  Além de ser a idealizadora do Projeto, e morando em Florianópolis, ela é mãe do Pedro, uma criança autista, de nove anos. O assunto entrou em questão na realização de uma live, pelo fato de que candidatos estão prometendo lutar pela causa autista, sem saber da real complexidade do tema.

Larissa Chamou atenção para quem já fez e vem fazendo, ou seja, o próprio pai dela Ozair Coelho, o Polaco (PSD). Foi ele quem conseguiu através de emendas junto a parlamentares, recursos para a instalação em Lages do Projeto Pró Autismo, conseguindo assim, atender com total estrutura médica mais de 400 crianças e adolescentes, além das famílias. “Se como vereador meu pai conseguiu isso, imaginem como deputado estadual. Estou certa de que poderá levar o projeto para muitos municípios de Santa Catarina, caso seja eleito”, concluiu.

Fotos: divulgação

Assessoria de Imprensa

Leia também

Deixe um comentário

onze − três =