Governador Jorginho Mello participa de reunião promovida por empresários da ACIL

Por Claudio Santos

Atendendo a um convite da diretoria da Associação Empresarial de Lages, o governador Jorginho Mello reuniu-se com empresários, lideranças e autoridades, no final da tarde desta sexta-feira, 22 de março, no Centroserra Convention Center. Além de receber os pleitos da região, fez um relato sobre as ações do governo.

O desenvolvimento de qualquer região passa por uma boa infraestrutura, é isso que irá fortalecer as empresas e o turismo, impulsionar novos negócios, oportunizar mais empregos e fazer a economia crescer. E a ACIL que sempre esteve envolvida em questões relacionadas ao desenvolvimento, apresentou pleitos que, se concretizados, contribuirão para que a Serra Catarinense entre em um contínuo processo de desenvolvimento.

Nos pleitos apresentados pelo vice presidente da ACIL, Anderson de Souza, estão incluídos a pavimentação da SC 284, que liga Correia Pinto a Palmeira; pavimentação da SC 390, entre o Bodegão e São Joaquim; pavimentação da SC 370, que liga Urubici a Rio Rufino; pavimentação da estrada que liga São José do Cerrito a SC 390; conclusão das obras na Serra do Corvo Branco; pavimentação dos pontos críticos das estradas do interior da Serra Catarinense; e implementação da Zona de Processamento de Exportação (ZPE). Para pavimentação da SC 390 e as estradas do interior, a ACIL se comprometeu, junto com Sindimadeira, Sindicato Rural, Uniplac e Fórum das Entidades, a realizarem o projeto e doar para o Estado.

Também foi solicitado seu apoio para articulação junto ao Governo Federal, Congresso Nacional e órgãos federais para a duplicação da BR 282, no trecho entre a BR 116 e a localidade de Índios e implantação de 70 km de terceiras faixas no trecho entre Lages e Florianópolis; e a viabilização da prorrogação do contrato de concessão da BR 116 e do projeto de duplicação desta rodovia no trecho de Lages.

O presidente da ACIL, Antonio Wiggers, salientou que a ACIL e as demais entidades querem ser parceiras do seu governo no que for necessário e, especialmente, no que diz respeito à Serra Catarinense. O presidente da Amures e prefeito de Anita Garibaldi, João Cidinei da Silva, a prefeita da Palmeira, Fernanda Córdova, e o prefeito de Correia Pinto, Edilson Germiniani dos Santos, também defenderam a importância da realização dessas obras para o desenvolvimento socioeconômico da Serra Catarinense.

Em sua fala, o Governador salientou que uma das prioridades de sua gestão é melhorar a malha viária em todo o Estado e salientou que a SC 370, no trecho entre Urubici e Rio Rufino e no trecho da Serra do Corvo Branco (entre Urubici e Grão Pará) fazem parte das obras do programa Estrada Boa. Também demonstrou seu apoio na transferência das rodovias federais do Estado para a iniciativa privada. Na área da saúde, enfatizou ainda que havia cerca de 105 mil pessoas na fila, aguardando cirurgia eletiva e que a Secretaria da Saúde já realizou mais de 200 mil cirurgias.

Também estiveram presentes a secretária de saúde, Carmen Zanotto, os deputados federais Jorge Goetten e Zé Trovão, os deputados estaduais Marcius Machado e Nilso Berlanda, o coordenador do escritório de Lages do deputado Mario Motta, Diogo Godoy, o procurador da república, Nazareno Jorgealém Wollf, o coordenador do Fórum das Entidades, Jeferson Rodrigo de Oliveira, o presidente do Sindimadeira, Paulo Cesar da Costa, o presidente do Sindicato Rural de Lages, Marcio Pamplona, o presidente do Instituto DEL e do Conselho Superior da ACIL, Carlos Eduardo de Liz, entre outros.

por Sheila Rosa

Leia também

Deixe um comentário

cinco × 3 =