Com a colheita encerrada, Villa Francioni produzirá 120 mil garrafas de vinhos

Por Luiz Del Moura

A Villa Francioni encerrou oficialmente a colheita da safra 2022. Com o clima favorável no segundo semestre do ano passado e início deste, a vinícola produziu 20% a mais do que no ano anterior, chegando à marca de, aproximadamente, 120 toneladas de uvas colhidas. Este volume dará origem aos diversos vinhos das linhas Villa Francioni e Joaquim, atingindo cerca de 120 mil garrafas cuidadosamente elaboradas.

“O ciclo proporcionou vinhos brancos e roses de excelente frescor e grande intensidade aromática e tintos complexos e de grande estrutura”, explica o enólogo Nei Geraldo Rasera, diretor técnico da vinícola.

A Villa Francioni, que atualmente é administrada pelos conselheiros André, Adriana e Daniela de Freitas (presidente), é pioneira dos vinhos de altitude em Santa Catarina e está no mercado há 16 anos. A meta dos sucessores é manter a tradição e ensinamentos do fundador Dilor de Freitas, trazendo sempre novidades e inovação para os amantes do vinho.

Fotos: Divulgação VF

Leia também

Deixe um comentário

16 + dezessete =