Painel inaugura Sala do Empreendedor e fortalece parceria com o Sebrae

Por Luiz Del Moura

No início da tarde desta quarta-feira (23), representantes do Sebrae e da Prefeitura de Painel marcaram presença, no ato que marcou a inauguração da Sala do Empreendedor, localizada na Rua Major Serafim, no Centro da cidade. O espaço multiuso é compartilhado também com o com a Biblioteca Municipal. O espaço mal iniciou as atividades e já cadastrou a primeira MEI, a Verdureira JF, do microempresário Jeferson de Souza Vertuoso.

O município de Painel aderiu este ano ao Programa Cidade Empreendedora e logo procurou instalar a Sala do Empreendedor. Com pouco mais de 2 mil habitantes, conta atualmente com o total de 153 empresas, dessas, 74 são constituídas por Microempreendedores Individuais (MEIs). A partir de agora, ao lado do Sebrae, amplia as capacitações visando o desenvolvimento econômico.

Para o prefeito Antonio Marcos Cavalheiro Flores a parceria com o Sebrae deverá render bons frutos, e será muito importante para o município que tem algumas carências. A Sala do Empreendedor irá ajudar no incremento de soluções. Desde já a Sala está recebendo os primeiros interessados em se tornar MEI, e com isso a expectativa da abertura de muitas outras empresas. “A gente observa que outros municípios vizinhos que fizeram a parceria com o Sebrae, estão crescendo, e espero poder fazer o mesmo em nosso município”, especificou.

Do Sebrae estiveram presentes no ato inaugural da Sala o gestor de projetos, Michel Rezini, a consultora da área, Dayhane Flor, do articulador do Cidade Empreendedora, Luiz Carlos Pinheiro, e da analista de atendimento, Nahyra Javarini.

Sala do Empreendedor

A Sala do Empreendedor é um dos eixos estratégicos do Programa Cidade Empreendedora, considerada uma ferramenta essencial para garantir ao empresário todo o suporte necessário em assuntos relacionados à sua empresa. O local é dedicado ao atendimento das micro e pequenas empresas atuando como facilitador em processos de abertura, regularização e baixa de empresas, além de incentivar a legalização de negócios informais.

Crédito Fotos: Paulo Chagas

Leia também

Deixe um comentário

7 − sete =