Unidades municipais de ensino realizam atividades sobre o Dia Nacional do Livro Infantil

Por Luiz Del Moura

Durante as ações, as crianças e os estudantes cantaram, ouviram histórias, realizaram dramatizações e fizeram apresentações aos colegas e professoras

Neste dia 18 de abril, celebrou-se o Dia Nacional do Livro Infantil. A data nacional foi escolhida em homenagem ao dia de nascimento do criador do Sítio do Picapau Amarelo, Monteiro Lobato, um dos maiores escritores brasileiros e considerado o pai da literatura infantil nacional. Tendo em vista a importância da leitura e do contato com o livro desde a primeira infância, todas as unidades municipais de ensino de Lages (Centros de Educação Infantil Municipal – CEIMs, Escolas Municipais de Educação Básica – EMEBs e Escolas Municipais de Ensino Fundamental – EMEFs) aproveitaram a data para realizar diversas atividades diferenciadas. Durante as ações, as crianças e os estudantes cantaram, ouviram histórias, realizaram dramatizações e fizeram apresentações aos colegas e professoras.

Na EMEB Osni de Medeiros Régis, no bairro Pisani, por exemplo, as ações contaram com diversas atrações envolvendo desde as crianças da pré-escola até os estudantes do ensino fundamental. Houve oficinas de contação de histórias, teatro e atividades de leitura. Toda programação foi pensada e planejada pelas professoras, professores e equipe diretiva da unidade.

Na EMEB Mutirão, no bairro Habitação, estudantes realizaram, dentro do componente curricular Literatura e Produção Textual, um estudo sobre Monteiro Lobato e os personagens do Sítio do Picapau Amarelo ao longo dos últimos dias. A ação culminou com apresentação do resultado da pesquisa para os demais estudantes da unidade.

Na EMEB Aline Giovana Schmitt, no bairro Guarujá, também houve atividades diferenciadas para celebrar a data. Entre as ações, houve a exposição de trabalhos do “Projeto Leitura e Escrita”, desenvolvido por estudantes do 2º ano. Na EMEB São Vicente, no bairro São Sebastião, também houve atividades específicas para comemorar o Dia Nacional do Livro Infantil.

Todos os CEIMs também se envolveram de maneira efetiva nas ações para celebrar a data, oportunizando às crianças matriculadas a ampliação de seu mundo mágico, a partir do conhecimento de histórias de forma lúdica e divertida. “Por meio das histórias, as crianças têm oportunidade de ampliar o seu olhar sobre o mundo, seu conhecimento da cultura, de si mesmo e do outro”, ressaltou a diretora dos CEIMs Santa Mônica e Santa Cândida, Juliana Rigon.

Ela destacou que a própria Base Nacional Comum Curricular (BNCC), da educação infantil, defende que o trabalho com a leitura se inicie desde muito cedo e faça parte do cotidiano escolar, orientação que aparece especialmente no campo de experiência ’Escuta, fala, pensamento e imaginação’. “Portanto, o livro e a leitura fazem parte do cotidiano da educação infantil”, completou.

A secretária Municipal da Educação, professora Ivana Michaltchuk, explicou que, atualmente, o Sistema Público Municipal de Educação possui diversos projetos e ações para proporcionar às crianças e aos estudantes o contato com os livros. “A literatura possui extrema relevância em todas as fases da vida. Reforçamos nosso compromisso com a leitura em todas as unidades de ensino”, comentou a secretária, parabenizando a todos/as que se envolveram nas ações para celebrar a data.

Texto e fotos: Adecir Morais

Leia também

Deixe um comentário

quatro × 1 =