Chove mais de 100.4mm em 48 horas e rio Carahá registra 4.52m acima do nível

Por Luiz Del Moura

A Defesa Civil já classifica a situação da cidade de Lages como emergencial e presta todo o atendimento necessário aos atingidos

Lages assim como toda a região serrana, está sendo castigada pelo grande volume de chuva das últimas 60 horas. Desde quarta-feira (15), até às 9h15 desta sexta-feira (17), o acumulado de chuvas é de 152 mm, bem acima da quantidade padrão de um mês de chuvas na região.

Ainda conforme os dados da Defesa Civil Municipal, o volume de chuvas das últimas 48 horas foi equivalente a 100,54 milímetros, com nível do rio Carahá atingindo a marca de 4.52 metros às 9h15 desta sexta-feira (17).

Isto ocasiona vários pontos de alagamentos pelas margens do rio Carahá (avenida Belizário Ramos) e rio Passo Fundo, devido às fortes enxurradas.  Os bairros mais afetados, até o momento, são: Daniel, Gethal, Guarujá, Habitação, Ponte Grande, Sagrado coração de Jesus, Universitário, Vila Maria, Vila Nova e Santo Antônio.

Aproximadamente 40 pessoas já foram afetadas por inundações, enxurradas, deslizamentos de terras, queda de residências, destelhamentos. No abrigo ativo do Centro POP estão alojadas nove pessoas que tiveram suas casas inundadas.

Todas as equipes da Defesa Civil seguem no atendimento das pessoas atingidas. Os telefones da Defesa Civil para chamadas em caso de necessidade e emergência são os seguintes:

199; 3019-7477; 3019-7479 e o 99836-1702 (celular de Plantão).

Trânsito

A Diretoria de Trânsito (Diretran) interditou os trechos mais críticos, das vias alagadas, e segue orientando motoristas, que precisam encontrar desvios seguros para chegar ao seu destino.

Texto e fotos: Nilton Wolff e Iran Rosa de Moraes

Leia também

Deixe um comentário

catorze + três =